www.domusaurea.com.br
Santos: comemorações

Janeiro

1
SANTA MARIA MÃE DE DEUS
[Antigamente, Circuncisão do Menino Jesus]

2
EPIFANIA DO SENHOR, OU SANTO REIS (neste ano)
São Basílio Magno, Bispo, Confessor e Doutor da Igreja.

3
SANTA GENOVEVA, VIRGEM
+ Paris, 512. Consagrando a Deus sua virgindade aos 14 anos, vivia na casa de uma tia, levava vida de extrema penitência e contínua oração. Quando os hunos ameaçavam invadir Paris, Genoveva saiu às ruas exortando os parisienses à penitência; inesperadamente e sem razão aparente, Atila afastou-se de Paris com seus bárbaros.

4
SANTO ODILON ABADE
+ Cluny, l048. Um dos grandes abades de Cluny, cujo papel foi primordial na formação da Idade Média. A ele devem-se tam- bém a introdução da Festa de Finados e, para controlar o es- pirito extremamente belicoso do tempo, a Trégua de Deus, que proibia ações bélicas ou pilha- gem da quarta-feira à tarde à se- gunda-feira de manhã.

5
SANTO SIMÃO ESTILITA, CONFESSOR
+ Síria, 459. Construiu uma coluna para isolar-se em seu topo. Desse púlpito improvisado falou a imperadores, reis, religiosos, e converteu muitos pagãos.

6
SANTA RAFAELA MARIA, VIRGEM
+ Espanha, 1925. Com sua irmã, fundou as Escravas do Sagrado Coração de Jesus. dedica- das à adoração do Santíssimo Sacramento e ao ensino, das quais foi a primeira Superiora. Por iniciativa de sua irmã, foi declarada incapaz de governar, sendo esquecida por mais de 10 anos. Quando faleceu, compreenderam o grande pecado cometido ao afastá-la.

7
SÃO RAIMUNDO PENHAFORTE, CONFESSOR
+ Espanha, 1275. Dominicano, Principe dos canonistas e grade confessor, foi igualmente célebre por seus milagres. Com São Pedro Nolasco, fundou a Ordem das Mercês, para a redenção dos cativos que eram aprisionados pelos muçulmanos.

8
SÃO PEDRO TOMÁS, BISPO E CONFESSOR
+ Clúpre, 1366. Cannelita, encarregado pontifício de delicadas missões diplomáticas, depois Bispo e Legado universal para todo o Oriente.

9
BATISMO DE NOSSO SENHOR

10
SÃO GUILHERME DE BOUGERS, BISPO E CONFESSOR
+ 1209. Grande amante da solidão, entrou na Ordem de Cister, de onde a obediência o tirou para que ocupasse a Sé arquie- piscopal de Bourges, no centro
da França.

11
SANTO HIGINO, PAPA E MÁRTIR
+ Roma, 142. Grego de origem, por sua virtude e coragem foi escolhido para suceder a São Telésforo, que sofrera o martírio. Lutou contra vários heresiarcas, animou os cristãos perseguidos pelos pagãos e acabou ele mesmo dando sua vida por Cristo.

12
SANTO BENTO BISPO, CONFESSOR
+ Inglaterra, 690. Abade de Weannouth e de Jarrow, na Inglaterra, buscou em Roma arquitetos, vidreiros, pintores e músicos para instruir os ingleses, trabalho continuado por seu discípulo São Beda, o Venerável.

13
SANTO HILÁRIO DE POITIERS, BISPO, CONFESSOR E DOUTOR DA IGREJA
+ França, Século IV, O Atanásio do Ocidente lutou acirradamente contra os arianos, que o submeteram a rude perseguição e longo desterro, durante o qual escreveu 12 livros sobre a Santíssima Trindade, que lhe valeram o título de Doutor da Igreja.

14
SÃO FÉLIX DE NOLA, CONFESSOR
+ 256. Sacerdote, passou por vários suplícios nas perseguições dos imperadores romanos Décio e Valeriano, saindo incólume. Após edificar a todos com sua santa vida, Félix faleceu no Senhor.

15
SANTO AMARO OU MAURO, CONFESSOR
+ Subíaco. 584. Filho de um senador romano aos 12 anos foi entregue a São Bento para ser educado. São Gregório Magno o exalta pelo seu amor à oração e ao silêncio. Avançado na virtude. apesar de sua pouca idade foi por São Bento incumbido de dirigir monges e mosteiros.

16
SÃO MARCELO I, PAPA E MÁRTIR

+ Roma, 309. Reorganizou a Hierarquia eclesiástica e, sob Maxêncio, foi exilado e obrigado a viver num estábulo, onde morreu em conseqüência dos maus tratos.

17
SANTO ANTÃO ABADE, CONFESSOR

+ Egito, 356. Viveu longos anos de penitência no deserto, onde resistiu como herói católico a violentas tentações do demônio.

18
SANTA PRISCA OU PRISCILA, VIRGEM E MÁRTIR

+ Roma, séc. I. É considerada por muitos a primeira mártir do Ocidente. Batizada por São Pedro aos 13 anos, foi martirizada pouco depois, por ter se recusado a queimar incenso aos deuses.

19
SANTO MÁRIO E COMPANHEIROS, MÁRTIRES

+ 270. Mário, a esposa Marta e dois filhos viajaram da Pérsia a Roma para venerar os sepulcros de São Pedro e São Paulo. Ao visitar depois os cristãos nos cárceres, foram também detidos e martirizados.

20
SÃO SEBASTIÃO, MÁRTIR

+ Roma, 288. Centurião da guarda pretoriana de Diocleciano, sustentava, com zelo apostólico, os confessores da fé e os mártires. Denunciado, foi trespassado com flechas; curado milagrosamente, foi açoitado até a morte. Tornou-se um dos santos mais populares em toda a Igreja.

21
SANTA INÊS, VIRGEM E MÁRTIR

+ Roma, 304. A fortaleza desta menina de 13 anos assombrou mesmo seus verdugos. que no entanto a mataram cruelmente. São Dâ-maso e Santo Arnbrósio cantaram estusiasmados seus louvores.

22
SANTOS VICENTE E ANASTÁCIO, MÁRTIRES

+ 304 e + 628, São Vicente foi um valoroso diácono de Zaragoza, que enfrentou toda sorte de tormentos, célebres na História da Igreja, para provar sua fidelidade a Cristo, E Anastácio foi um monge persa, decapitado com outros 70 cristãos pelo rei Cosroes.

23
SANTO ILDEFONSO, BISPO E CONFESSOR

+ Toledo, 667. Discípulo de Santo Isidoro, Arcebispo de Toledo e zelosíssimo defensor da virgindade de Maria contra os hereges, escreveu um livro refutando-os.

24
SÃO FRANCISCO DE SALES, BISPO, CONFESSOR E DOUTOR DA IGREJA

+ Annecy.1622. Bispo de Genebra, animado de profundo amor de Deus e das almas, era dotado de bondade e suavidade excepcionais no trato, sólida cultura e ortodoxia. É um mestre da vida espiritual, sendo também patrono dos jornalistas e publicistas católicos. Foi muito odiado pelos protestantes calvinistas, que não o deixaram tomar posse de sua diocese.

25
CONVERSÃO DE SÃO PAULO APÓSTOLO

Ao cair do cavalo, o persegui-dor dos cristãos tornou-se Apóstolo. Instruído pelo próprio Cristo Jesus, foi um dos mais ardorosos proclamadores do Cristianismo. Submisso ao Papado, soube entretanto resistir a São Pedro, com respeito e firmeza, na questão dos judaizantes. São Pedro, demonstrando grande elevação de alma, acabou por dar- lhe razão.

26
SÃO TIMÓTEO, MÁRTIR, E SÃO TITO, CONFESSOR

+ Asia Menor, séc. I. Dois discípulos de São Paulo. Timóteo foi seu preferido e fiel companheiro. a quem escre- veu duas cartas cheias de conselhos. Bispo de Éfeso, morreu apedrejado pelos pagãos. São Tito também acompanhou o Apóstolo em algumas viagens e foi depois Bispo de Creta, onde morreu.

27
SANTA ÂNGELA DE MERICI, VIRGEM

+ Bréscia. 1540. Consciente de que as desordens da sociedade originam-se em grande parte da corrupção da família, fundou um instituto religioso, das Ursulinas, para a educação da juventude feminina e formação de mães cristãs.

28
SANTO TOMÁS DE AQUINO, CONFESSOR E DOUTOR DA IGREJA

+ Fossa Nuova, 1274. O maior teólogo da Igreja foi, aos cinco anos, confiado aos monges beneditinos de Monte Cassino, entrando depois para a Ordem Dominicana, da qual é a maior glória. Com razão foi cognominado Doutor Angélico, por sua pureza de vida e elevação de doutrina, que transcende a pura inteligência humana.

29
SÃO SULPÍCIO SEVERO, BISPO E CONFESSOR

+ França, 591. São Gregório de Tours refere-se a ele com mui- to respeito, elogiando suas virtudes. Foi nomeado para a Sé de Bourges em lugar de candi- datos simoníacos.

30
SANTA JACINTA MARISCOTTI, VIRGEM

+ Viterbo, 1640. Se bem que educada cristãmente, levou vida frívola e mundana mesmo no convento, onde entrara por ordem do pai. Adoecendo gravemente, o confessor da casa não a quis atender, dizendo que o Céu não era feito para pessoas vãs e soberbas. Um terror salutar levou-a ao arrependimento e remorso, e depois à reparação, transformando sua vida e levando-a à honra dos altares.

31
SÃO JOÃO BOSCO, CONFESSOR

+ Turim. 1888. Exerceu enorme influência no campo religioso e social, tendo fundado a Sociedade Salesiana e o Instituto das Filhas de Maria Auxiliadora. "O êxito dessa obra dizia São Pio X só pode explicar-se pela vida sobrenatural e santidade de seu Fundador". De alma simples, alegre e ardente, não havia obstáculo que o detivesse na senda do bem.

Fevereiro

1
SANTA VERIDIANA, PENITENTE

+ Toscana (Itália), 1242. Murada numa cela, viveu 34 anos na sua cidadezinha. Cumulada de favores celestiais, obteve de Nosso Senhor compartilhar as perseguições sofridas outrora por Santo Antão, da parte dos demônios. São Francisco de Assis foi visitá-Ia por volta de 1221.

2
APRESENTAÇÃO DO MENINO JESUS NO TEMPLO E PURITIFAÇÃO DE NOSSA SENHORA

Esta festa é também chamada das Candeias ou Candelária.

3
SÃO BRÁS, BISPO E MÁRTIR

+ Sebaste (Armênia), 316. Padroeiro contra as doenças da garganta. Há uma bênção especial de São Brás, que é dada pela Igreja neste dia.

4
SÃO JOSÉ DE LEONISA

+ Nápoles (Itália), 1612. Recebeu no batismo o nome de Eufrásio. Antes dos 17 anos tomou o hábito de capuchinho, mudando o nome para José. Em 1687 foi nomeado, a seu pedido, missionário em Constantinopla, a fim de conceder alívio e instrução aos cristãos que se encontravam escravizados pelos maometanos. Tendo sido acusado de assassinato, foi supliciado e milagrosamente salvo por um Anjo que lhe ordenou voltar à Itália.

5
SANTO AVITO

+ Vienne (França), por volta de 525. Descendente da no- breza romana, sucedeu Isíquio como Bispo de Vienne. Graças a ele, Sigismundo, Rei dos Borguinhões, abjurou a heresia ariana. Sua influência estendeu-se até Roma, onde ajudou o Papa Símaco a afastar o antipapa Lourenço.

6
SANTA DOROTÉIA, VIRGEM E MÁRTIR

+ Cesaréia (Turquia), 320. Presa durante a perseguição de Diocleciano (284-305), preferiu morrer a renegar sua fé.

7
SANTA JULIANA DE BOLONHA

+ (Itália), cerca de 430. O grande Santo Ambrósio compôs magnífico panegírico das virtudes desta Santa, a quem compara com a mulher prudente da Sagrada Escritura.

8
SÃO JERÔNIMO EMILIANI

+ Veneza, 1537. Fundador da Congregação de Somasca para atender órfãos, mulheres perdidas e crianças abandonadas, famoso por milagres que operou em vida, morreu da peste que contraiu cuidando de empestados.

9
QUARTA-FEIRA DE CINZAS

10
SANTA ESCOLÁSTICA, VIRGEM

+ Úmbria (Itália), 543. Irmã de São Bento, fundou uma Ordem que chegou a ter 14.000 conventos espalhados por todo o Ocidente.

11
NOSSA SENHORA DE LOURDES

Aparição a Santa Bernadette Soubirous em Lourdes (França), 1858. No local, os milagres se multiplicam sem cessar até hoje.

12
SANTO ANTÔNIO CAULEAS, PATRIARCA

+ Constantinopla. entre 895 e 901. Patriarca de Constantinopla, empreendeu os maiores esforços para restabelecer, na Igreja do Oriente, a paz abalada pelo cisma de Fócio.

13
SÃO POLIEUCTO, MÁRTIR

+ Annênia, 258. Oficial da 128 Legião romana estacionada em Melitene (Armênia), foi decapitado após arrojar por terra os ídolos, durante uma procissão pagã.

14
SÃO MARÃO, SOLITÁRIO

+ Síria, cerca de 423. Monge que viveu perto da cidade de Cir, na Síria. Favorecido com o dom dos milagres, atraiu grande número de discípulos.

15
SANTO FAUSTINO E JOVITA, MÁRTIRES

+ Bréscia (Itália), cerca de 120. Dois irmãos, o primeiro sacerdote, e o segundo diácono, foram interrogados pessoalmente pelo Imperador romano pagão Adriano. Após serem submetidos a torturas, foram decapitados.

16
SANTO ONÉSIMO, BISPO E MÁRTIR

+ Roma, cerca de 95. Escravo de um cristão de Colossos chamado Filemon, praticou um roubo e fugiu para não ser castigado. Em Roma, onde se escondeu, encontrou São Paulo, que o converteu.

17
SÃO SILVINO, BISPO

+ Auchy (França), 717. Passou os primeiros anos na corte dos reis Childerico II e Teodorico III. Fez várias peregrinações, visitou túmulos de santos, foi até a Palestina e Roma, onde recebeu o presbiterato e foi sagrado Bispo.

18
SÃO FLAVIANO, PATRIARCA

+ Turquia, 449. Patriarca de Constantinopla (446-449), tomou parte no Concílio que o Imperador Teodósio II convocara, o qual se realizou numa igreja de Éfeso (Turquia) a 8 de agosto de 449. Quando se deliberava a respeito de Utiques e de sua heresia monofisita (segundo a qual em Nosso Senhor Jesus Cristo não haveria as duas naturezas, divina e humana, mas somente uma), uma multidão composta por monges heréticos, soldados e marinheiros exaltados invadiu a igreja e espancou os padres conciliares que se opunham a Utiques. As iras voltaram-se principalmente contra Flaviano, que foi levado preso. Morreu devido aos maus tratos recebidos durante aquele tumulto, que foi denominado a pilhagem de Éfeso.

19
SÃO QUODVULTDEUS, BISPO

+ Itália, aproximadamente 444. Seu nome significa O que Deus quer. Bispo de Cartago no século V, governava pacificamente o seu rebanho quando Genserico, rei dos Vândalos, apoderou-se da cidade em 438. Este príncipe ariano atormentou-o por ódio à fé católica. Mas, não conseguindo fazê-Io apostatar, colocou-o junto com outros fiéis em barcos avariados, com a esperança de que perecessem nas águas. Milagrosamente preservados, chegaram sãos e salvos a Campânia, na Itália do Sul.

20
SÃO EUQUÉRIO, BISPO

+ Hasbain, 738. Na juventude o Santo já era tido como prodígio de ciência, e sobretudo de santidade. Foi devotíssimo da Santíssima Virgem, a quem chamava constantemente sua querida Mãe. Foi Bispo de Orléans durante mais de 15 anos, até que, caluniado, foi desterrado para Hasbain.

21
SÃO PEDRO DAMIÃO, BISPO, CONFESSOR E DOUTOR DA IGREJA

Entrou na Ordem dos Camaldulenses. Nomeado Cardeal- bispo de Óstia, teve de aceitar a contragosto essa nomeação, sob pena de excomunhão; deixou mais de 158 cartas, 60 opúsculos, várias vidas de santos e admiráveis sermões.

22
CÁTEDRA DE SÃO PEDRO

Anteriormente comemorava- se neste dia a Cátedra (ou Cadeira) de São Pedro em Antioquia; em 18 de janeiro, a Cátedra de São Pedro em Roma. Chamam-se catedrais as igrejas onde se encontra a cadeira ou cátedra do Magistério episcopal. A igreja de São Pedro em Roma poder- se-ia chamar a catedral das catedrais.

23
SÃO POLICARPO, BISPO E MÁRTIR

+ Cesaréia (Turquia), 104. Foi discípulo de São João Evangelista. "Policalpo - diz Santo lrineu no Tratado das Heresias - não só foi ensinado pelos Apóstolos e conversou com muitos que tinham conhecido em vida Jesus Cristo, mas deveu aos mesmos Apóstolos a sua eleição para Bispo de Esmirna, na Asia". Por increpar corajosamente sacerdotes pagãos, teve sua cabeça decepada.

24
SÃO LÁZARO, MONGE

+ entre 856 e 867. Pintava ícones ou imagens em Constantinopla, quando lá reinava Teófilo, iconoclasta furioso. Este mandou lançá-lo numa cloaca, de onde conseguiu escapar, voltando depois a pintar. O Imperador mandou que se lhe queimassem as palmas das mãos, mas a imperatriz Teodora escondeu-o numa igreja, tratou-o e conseguiu restabelecê-lo. Láza- ro foi encarregado de levar a Roma a notícia de que a imperatriz Teodora liquidara a discussão sobre as imagens. Diz-se que ele morreu num naufrágio.

25
SANTO AVERTANO E BEATO ROMEU, CONFESSORES

+ Luca (Itália), 1386. Avertano, devendo escolher seu estado de vida, teve a inspiração de entrar na Ordem dos Carmelitas, na qual efetivamente ingressou. Tendo manifestado grande desejo de fazer uma peregrinação a Roma, os superiores deram-lhe por companheiro Romeu, irmão leigo do convento. Contagiados pela peste negra, detiveram-se na cidade de Lucca, onde morreram no intervalo de uma semana.

26
SÃO NESTOR, BISPO E MÁRTIR

+ 250. Quando se desencadeou a perseguição do Imperador romano pagão Décio, ocupava Nestor a Sé episcopal de Magidos, na Panfília. Preso, o oficial romano começou por se mostrar benévolo para com Nestor. Mas durante o interrogatório logo se tomou violento. Após novos interrogatórios, foi condenado a morrer numa cruz.

27
SÃO LEANDRO, BISPO

+ Sevilha (Espanha), aproximadamente 600. Innão de Santo Isidoro, abraçou muito cedo o monacato e foi eleito Bispo de Sevilha em 579. Desempenhou papel importantíssimo na história religiosa da Península, salvando-a do arianismo. O Papa São Gregório Magno dirigiu-lhe algumas cartas, nas quais externa a grande afeição que votava a seu amigo.

28
SÃO TORQUATO, BISPO E CONFESSOR

+ Cadiz (Espanha), séc. I ou II. Tido como o primeiro dos "Varões Apostólicos", bispos enviados de Roma à Península Ibérica no I século, foi bispo de Cadiz, que edificou com sua ciência e virtude.

Março

1
SÃO DAVID, BISPO E CONFESSOR

+ Menevia (País de Gales), 588. Patrono do País de Gales.

2
SÃO CHAD, BISPO

+ Lindisfarne (Inglaterra), 672. Irmão de São Cedd, foi educado por Santo Aidano na Irlanda. De volta à Ingla- terra, tornou-se Bispo de Mércia e Lindisfarne. São Beda, o Venerável, enalteceu suas virtudes.

3
SANTA CUNEGUNDES, VIÚVA, IMPERATRIZ

+ Bamberg (Alemanha) 1040. Esposa de Santo Henrique, com quem vivia em perfeita castidade. Foram ambos coroados imperadores do Sacro Império, em Roma, pelas mãos do próprio Papa. Após a morte do marido, ela empregou sua fortuna em erigir bispados e mosteiros, terminando sua vida como simples religiosa em um deles.

4
SÃO LÚCIO I, PAPA, MÁRTIR

+ Roma, 254. Foi um dos ilustres presbíteros de Roma que seguiram São Comélio ao desterro, tendo sucedido a este no Papado.

5
SÃO JOÃO JOSÉ DA RUZ, CONFESSOR

+ Nápoles, 1734. "Ardente discípulo de São Francisco de Assis e de São Pedra de Alcântara, acrescentou grande glória à Ordem Seráfica.
Foi admitido pelo Papa Gregório XVI no Cânon dos Santos" (do Martirológio Romano).

6
SANTA COLETE, VIRGEM
Virgem + França, 1447. Reformadora das Terceiras Franciscanas, foi das figuras mais importantes da Igreja no século xv. Com São Vicente Ferrer, aconselhou três cardeais, que reclamavam a tiara pontifícia, a renunciar e a se proceder a nova eleição.

7
SÃO PAULO, O SIMPLES, EREMITA

+ Egito, 339. É um patrono dos que aspiram à santidade em idade avançada. Agricultor, aos 60 anos descobriu que sua mulher o traía. Fugiu então para o deserto, e sua insistência obrigou o grande Santo Antão a dirigi-Io.

8
SÃO JULIÃO DE TOLEDO, BISPO

+ Espanha, 690. Sob sua direção, a Sé de Toledo tomou a primazia entre todas as da Espanha e de Portugal. Presidiu vários sínodos, reviu e desenvolveu a liturgia mozárabe, tendo sido um dos mais importantes eclesiásticos de seu tempo.

9
SANTA FRANCISCA ROMANA

Viúva + Roma, 1440. Da mais alta nobreza romana, foi modelo
de esposa e mãe, além de fundadora das Oblatas Beneditinas. Tinha trato familiar com seu Anjo da Guarda, a quem via continuamente.

10
SÃO SIMPLÍCIO, PAPA

+ 483. Governou a Igreja durante 15 anos, por ocasião da invasão dos bárbaros, que procurou converter.


SÃO MACÁRIO DE JERUSALÉM, BISPO E CONFESSOR
+ 335. Foi um dos firmantes do Concílio de Nicéia contra os arianos. Venerado pelo Imperador Constantino e sua mãe Santa Helena, com ela descobriu vários dos instrumentos da Paixão, inclusive a verdadeira Cruz.

11
SANTA TERESA MARGARIDA REDI, VIRGEM

+ Florença, 1770. Aos 18 anos entrou para o convento carmelita de Florença, onde em pouco tempo chegou a grande santidade.

12
SÃO TEÓFANO, ABADE

+ Samotrácia, 818. Ele e a esposa renunciaram à imensa fortuna para fazerem-se religiosos. Grande promotor do culto das imagens, foi por isso exilado pelo ímpio imperador bizantino Leão, o Annênio, morrendo vítima dos maus tratos.

13
SANTA EUFRÁSIA, VIRGEM

+ Egito, 410. Da nobreza romana. Ao falecer seu pai, foi com a mãe para o Egito. Aos sete anos pediu-lhe licença para servir a Deus num mosteiro próximo.

14
SANTO EUTÍQUIO E COMPANHEIROS, MÁRTIRES

+ Arábia, 741. Patrício romano. Capturado pelos maometanos contra os quais guerreava, foi com seus companheiros torturado e morto, por não renunciar à fé católica.

15
SÃO LONGINO, MÁRTIR

+ Capadócia, Séc. I. Segundo a Tradição, ele é o centurião romano que, durante a Crucifixão, reconheceu Cris- to como o Filho de Deus.

16
SÃO JULIÃO DE ANAZARBUS, MÁRTIR

+ Cilícia (na atual Síria), 302. São João Crisóstomo fez o elogio deste mártir que, preso em virtude de sua fé católica, sob Diocleciano, foi colocado dentro de um saco cheio de escorpiões e serpentes e atirado ao mar.

17
SANTA GERTRUDES DE NIVELLES, VIRGEM

+ Holanda, 659. Filha do Bem-aventurado Pepino de Landen e da Bem-aventurada Ita. Com a morte de Pepino, mãe e filha fundam o convento de Nivelles, nele ingressando. Gertrudes tornou-se abadessa aos 20 anos.

18
SANTO ANSELMO DE LUCA, BISPO

+ Luca, 1086. Sobrinho do Papa Alexandre lI, retirou-se de sua diocese de Luca para fazer-se monge beneditino. São Gregório VII chamou-o de volta àquela Sé episcopal, onde tentou reformar os cô- negos relaxados, que se revol- taram. O Papa os excomun- gou. Com o apoio do impera- dor, os rebelados expulsaram Santo Anselmo da cidade.

19
SÃO JOSÉ, ESPOSO DA SANTÍSSIMA VIRGEM, PATRONO DA IGREJA UNIVERSAL E BOA MORTE

20
São Wulfrano, Bispo e Confessor

+ França, 703. Filho de alto funcionário do exército de Clóvis II, abandonou a corte e fez-se monge. Foi nomeado para a Sé de Sens enquanto seu titular, Santo Amatus, estava ainda vivo. Mas resignou o cargo para ir evangelizar os frísios.

21
SÃO ENDEUS OU ENDA, CONFESSOR

+ Arranmore (Irlanda), 590. Brilhante militar, irmão de Santa Fanchea, é considerado o fundador do monasticismo na Irlanda. Teve como discípulos os Santos Kleran e Brendan.

22
SÃO DEOGRACIAS, BISPO

+ Cartago, 457. Bispo dessa cidade, ao norte da África.

23
SÃO TORÍBIO DE MONGROVEJO, BISPO

+ Lima, 1660. "Arcebispo (de Lima), por cujos labores a fé e a disciplina eclesiástica se disseminaram pela América" (do Martirológio Romano).

24
QUINTA-FEIRA SANTA

Instituição da Eucaristia e do Sacerdócio.

25
SEXTA-FEIRA SANTA

Paixão e Morte de Nosso Senhor Jesus Cristo. Jejum e Abstinência.

26
SÁBADO

Jesus Cristo no sepulcro e a soledade de Nossa Senhora.

27
PÁSCOA DA RESSURREIÇÃO

"Cristo ressuscitou, ressuscitou verdadeiramente, Aleluia!"

28
SÃO GONTRAM REI, CONFESSOR

+ Châlons (França), 592. Rei da Borgonha, após divorciar- se e mandar executar seu médico, ficou cheio de remorsos e abandonou as pompas do mundo. Empregou então sua fortuna na construção de igrejas e mosteiros e na distribuição de esmolas, vivendo na mais rigorosa penitência.

29
SÃO CIRILO DE HELIÓPOLIS, DIÁCONO E MÁRTIR

+ Líbano, 362. Tendo Juliano, o Apóstata, reintroduzido o paganismo no Império, esse diácono destruiu muitos ídolos, tendo por isso "seu fígado arrancado de seu ab-dômen e devorado pelos pagãos como bestas selva- gens" (do Martirológio Romano).

30
SÃO JOÃO CLÍMACO, CONFESSOR

+ Monte Sinai, 605. Ingressando aos 16 anos no mosteiro situado nesse monte, abandonou-o mais tarde para viver em maior solidão. Aos 75 anos foi chamado de volta e eleito abade. Seu livro Clímax, ou Escada da Per- feição, do qual lhe veio o cognome Clímaco, foi das obras mais apreciadas na católica Idade Média.

31
SÃO GUY DE POMPOSA, ABADE

+ Itália, 1046. Por sua santidade e sabedoria, atraiu tantas pessoas a seu mosteiro, que foi obrigado a fun- dar outro. A seu pedido, São Pedro Damião ministrou a seus monges aulas sobre as Sagradas Escrituras durante dois anos.

Abril

1
SÃO MACÁRIO, O MILAGROSO

+ Ásia Menor, 830. Abade de Pelecete, nas proximidades de Constantinopla, famoso pelos milagres que operava. Foi duas vezes exilado pelos imperadores bizantinos contráirios ao culto das imagens.

2
SÃO FRANCISCO DE PAULA, CONFESSOR

+ Plessis, 1508. Italiano, fundou a Ordem dos Mínimos. Luís XI obteve do Papa que o enviasse à França, a fim de prepará-Io para a morte.

3
SÃO RICARDO DE CHICHESTER, BISPO

+ Inglaterra, 1253. Chanceler da Universidade de Oxford, conselheiro dos Arcebispos de Cantuária São Edmundo Rich e São Bonifácio, teve que lutar contra a prepotência do Rei Henrique III.

4
Neste ano: ANUNCIAÇÃO DO ANJO E ENCARNAÇÃO DO VERBO
SÃO BENEDITO, O MOURO, CONFESSOR

+ Palermo, 1589. Escravo liberto, irmão leigo e cozinheiro do convento franciscano de Palermo, por sua virtude e prudência foi escolhido como superior, apesar de analfabeto.

5
SANTA JULIANA DE CORNILLON, VIRGEM

+ França, 1258. Religiosa agostiniana, grande devota da Eucaristia, Deus comunicou- lhe o desejo de ter uma festa dedicada ao Corpo de Cristo.

6
SÃO MARCELINO DE CATARGO, MÁRTIR

+ Africa, 413. Representante do Imperador Honório na África para fazer cessar a agitação produzida pelos hereges donatistas, os quais mandaram assassiná-lo ao lhes propor o retomo à verdadeira fé.

7
SANTO HENRIQUE WALPOPE

+ Inglaterra, 1595. Reconciliado com a Igreja após ter aderido ao cisma de Henrique VIII, foi ordenado em Roma no Colégio dos Ingleses. Como jesuíta, voltou ao seu país, onde socorria os católicos persegui- dos.

8
SÃO DIONÍSIO, BISPO

+ Corinto, 180. "Devido à ciência e à graça de que foi dotado, [...] ilustrou o povo não somente da sua cidade e província, mas [...] também bispos" (Do Martirológio).

9
SANTA CACILDA, VIRGEM

+ Burgos (Espanha), 1007. Filha do rei mouro de Toledo, converteu-se ao beber a água milagrosa do poço de São Vicente.

10
SÃO TERÊNCIO E COMPANHEIROS MÁRTIRES

+ Cartago, 250. Na perseguiteção do Imperador Décio, esses 40 cristãos preferiram a morte a sacrificar aos ídolos.

11
SANTO ESTANISLAU, BISPO E MÁRTIR

+ Cracóvia. 1097. Grande defensor da moral católica e santidade do matrimônio, foi assassinado pelo rei Boleslau II, porque o increpava de levar vida desregrada.

12
SÃO JÚLIO, PAPA

+ 352. Defendeu o mistério da Santíssima Trindade contra os hereges. No Concílio de Sárdica, reabilitou Santo Atanásio e proclamou a primazia da Sé episcopal de Roma. Neste dia comemora-se também Santa Teresa de Jesus "de los Andes" (Chile, 1920).

13
SANTA MARGARIDA

Virgem + Itália, 1320. Filha de con- des, disforme, cega, coxa, aleijada e feia, foi abandona- da numa igreja. Recolhida por piedosa família, ensinava o catecismo e encantava a todos pela inocência, alegria e con- fiança na Providência.

14
SANTA LYDWINA DE SCHIEDAM, VIRGEM

+ Holanda, 1433. Como vítima expiatória, foi atingida por quase todas as moléstias imagináveis em meio à extrema miséria, por mais de 20 anos.

15
SANTAS BALISSA E ANASTÁCIA, MÁRTIRES

+ Roma, 66. Ilustres matronas romanas discípulas de São Pedro e São Paulo, sofreram cruel martírio por terem recolhido as relíquias do Príncipe dos Apóstolos para dar-lhes sepultura.

16
SÃO BENEDITO JOSÉ LABRE, CONFESSOR

+ Roma, 1783. Mendigo voluntário, peregrinava entre os mais célebres santuários da Europa, sofrendo humilhações e maus tratos. Ao falecer em Roma, as crianças espontaneamente saíram gritando pelas ruas: "Faleceu o Santo".

17
SANTOS ELIAS E ISIDORO, MÁRTIRES

+ Córdoba. 856. Sacerdote o primeiro e monge o segundo. Perseguidos pelos muçulmanos. "foram condenados à morte ao confessarem sua fé cristã diante do Islamismo" (do Martirológio).

18
SANTO APOLÔNIO, O APOLOGISTA, MÁRTIR

+ Roma, 185. "Senador romano que, sob o Imperador Cômodo, foi entregue por um escravo, como cristão. Quando lhe foi pedida explicação de sua fé, compôs um famoso livro, que leu no Senado" (do Martirológio) .

19
SÃO LEÃO IX, PAPA E CONFESSOR

+ 1054. Lutou contra a simonia (venda de bens eclesiásticos) e a incontinência eclesiástica (imoralidade dos clérigos).

20
SANTO ALFEGE, BISPO E MÁRTIR

+ Greenwich (Inglaterra), 1012. Abade, Bispo de Winchester e depois Arcebispo de Cantuária, de grande austeridade de vida, dedicou-se muito em sua diocese a ajudar os necessitados. Durante a invasão dos dinamarqueses na Inglaterra, foi martirizado por não querer pagar seu resgate com o dinheiro destinado aos pobres.

21
SÃO CONRADO DE PARZHAM, CONFESSOR

+ Baviera, 1894. Irmão leigo capuchinho e porteiro do Santuário de Nossa Senhora em Altötting por mais de 40 anos. Grande devoto da Virgem, notável por sua caridade, dom de profecia e habilidade em ler os corações.

22
SANTO AGAPITO I, PAPA E CONFESSOR

+ Constantinopla, 536. Eleito para a Sé de Pedro já ancião, morreu em Constantinopla, onde fora tentar convencer o Imperador Justiniano a não invadir a Itália e a remover da Sé de Constantinopla seu Patriarca monofisita. O monofisitismo é uma heresia que obtivera influência naquela época, a qual negava que em Nosso Senhor Jesus Cristo houvesse as naturezas divina e humana.

23
SÃO JORGE, MÁRTIR

+ Lydia (Palestina), 303. Patrono da Inglaterra, Portugal, Alemanha, Aragão, Gênova e Veneza e um dos mais populares santos no mundo. Sofreu o martírio em Lydia, devendo ter pertencido à Guarda Imperial.

24
SANTA MARIA EUFRÁSIA PELLETIER, VIRGEM

+ Angers, 1868. Nascida em plena Revolução Francesa, conservou intactas sua fé e têmpera de espírito. Fundou o Instituto das Irmãs do Bom Pastor, para regeneração de mulheres transviadas e amparo às que se encontravam em perigo de se perder.

25
SANTA ANIANO, BISPO

+ Alexandria (Egito), séc. I. Discípulo e sucessor de São Marcos na Sé de Alexandria, "homem muito agradável a Deus por suas virtudes ". Segundo a tradição, fora antes sapateiro.

26
NOSSA SENHORA DO BOM CONSELHO DE GENAZZANO

SANTO ESTEVÃO DE PERN, BISPO E CONFESSOR
+ Moscou, 1396. Monge russo, foi missionário nos montes Urais e depois Bispo de Perfi. Devido a sua oposição às heresias de hussitas locais, teve que fugir para Moscou, onde faleceu.

27
SANTO ANTIMUS, BISPO E MÁRTIR

+ Nicomédia, 303. Bispo que "por sua confissão de Cristo, obteve um glorioso martírio por decapitação. Quase todos seus fiéis o seguiram, alguns dos quais o juiz mandou que fossem decapitados à espada, outros queimados vivos, outros colocados num navio e afogados no mar" (do Martirológio).

28
SÃO PAULO DA CRUZ

Confessor + Roma, 1775. Fundador dos Passionistas, dedicados à contemplação da Paixão do Salvador e à pregação de missões populares. Favorecido com os dons de profecia, milagres e curas, foi um dos maiores pregadores de seu tempo, convertendo criminosos e pecadores dos mais empedernidos.
Neste dia comemora-se também São Luís Maria Grignion de Montfort, Confessor.

29
SANTO HUGO DE CLUNY

30
SANTO EUTRÓPIO DE SAINTES, BISPO E MÁRTIR

+ França, 404. Romano, acompanhou São Dionísio à França, sendo o primeiro Bispo de Saintes. "Após ter exer- cido durante longo tempo o oficio de pregador, foi decapitado em testemunho a Cristo, morrendo em triunfo" (do Martirológio ). Nesse dia comemora-se também São Pio V, Papa e Confessor.

Maio

1
SÃO JOSÉ, ESPOSO DA SANTÍSSIMA VIRGEM

De estirpe real e operário.

2
SANTO ANATÁSIO, BISPO, CONFESSOR E DOUTOR DA IGREJA

3
SANTOS TIMÓTEO E MAURA, MÁRTIRES

+ Egito, 298. Marido e mulher, "após vários tormentos, o prefeito Ariano ordenou fossem pregados numa cruz, onde permaneceram vivos por nove dias, confirmando um ao outro na fé, e alcançando assim o martírio" (do Martirológio Romano).

4
SÃO ROBERTO LAWRENCE, ABADE E MÁRTIR

+ Tyburn (Inglaterra), 1535. Abade da Cartuxa de Beauvale, em Nottinghamshire. Tendo recusado o Atá de Supremacia, pelo qual o rei herético Henrique VIII se nomeava cabeça da Igreja na Inglaterra, foi barbaramente torturado e enforcado. Exemplo de que se deve obedecer antes a Deus que aos homens, pois há uma lei suprema que não pode ser contrariada por lei humana.

5
SANTO HILÁRIO DE ARLES, BISPO

+ França, 449. De família pagã, da alta nobreza, exercendo elevado cargo no governo, renunciou a tudo quando foi convertido por seu parente Santo Honorato, a quem seguiu no Mosteiro de Lerins. Sucedeu-o depois no Bispado de Arles.

6
SÃO JOÃO APÓSTOLO, NA PORTA LATINA

+ Século I. O imperador Domiciano o fez lançar, aos 90 anos, em uma caldeira de azeite fervente junto à Porta Latina. Dela o Apóstolo virgem saiu rejuvenescido. Foi então desterrado para a ilha de Patmos, sendo o único Apóstolo não mártir.

7
SÃO JOÃO DE BEVERLY, BISPO

+ Inglaterra, 721. Monge beneditino e depois Bispo de York, onde sucedeu a São Bosa. Notável por sua contemplação contínua, santidade de vida e dom de milagres, teve sua biografia escrita por São Beda, o Venerável, a quem ordenara sacerdote.

8
ASCENSÃO DO SENHOR

9
SÃO BEATO DE VENDÔME, CONFESSOR

+ França, séc. III. Missionário na Gália antiga. Por suas palavras, exemplo e santidade de vida, converteu inúmeros pagãos.

10
SANTO ANTÔNIO DE FLORENÇA

+ Florença, 1459. Antonio, conhecido pelo diminutivo por causa de sua pequena estatura, tomou-se célebre por sua doutrina e obras. Defendeu o Papado no Concílio de Basiléia, e a sã doutrina católica no de Florença, contra os autores do cisma grego.

11
SÃO FRANCISCO DE GIROLAMO

+ Nápoles, 1716. Pregador popular, jesuíta, passou a vida evangelizando o sul da Itália, onde seus sermões atraíam multidões. "Mostrou maravilhosa caridade e paciência em procurar a salvação das almas" (do Martirológio Romano).

12
SÃO DOMINGOS DE LA CALZADA, CONFESSOR

+ Espanha, 1109. Este eremita teve a singular vocação de tonar menos rude o caminho dos inúmeros peregrinos que iam a Compostela, construindo para eles uma estrada (calzada), uma ponte e uma hospedaria.

13
Primeira aparição de Nossa Senhora em Fátima, em 1917

14
SANTA MARIA MAZZARELLO, VIRGEM

+ Nizza Monferrato, 1881. "Cofundadora do Instituto das Filhas de Nossa Senhora Auxilio dos Cristãos. Ilustre por sua humildade, prudência e caridade" (do Martirológio Romano), foi muito elogiada
por São João Bosco.

15
SOLENIDADE DE PENTECOSTES

16
SÃO JOÃO NEPOMUCENO

+ Praga, 1393. Consagrado a Deus pelos pais desde o nascimento, tomou-se confessor da rainha e "cônego da catedral. Tentado em vão (pelo rei Wenceslau) a trair o sigilo confessional, foi lançado ao Rio Moldávia, merecendo assim a palma do martírio" (do Martiro- lógio Romano).

17
SÃO PASCOAL BAILÃO, CONFESSOR

+ Valência, 1592. Irmão leigo franciscano, de pureza angélica, passava horas diante do Santíssirno Sacramento. Recebeu aí a profunda ciência com que refutava hereges e explicava sabiamente os mistérios de nossa Fé.

18
SÃO JOÃO I, PAPA E MÁRTIR

+ Ravena (Itália), 526. "Aprisionado por Teodorico, rei ariano da Itália, por causa de sua fé católica, foi longamente afligido na prisão até morrer. Seu corpo foi levado a Roma e enterrado na Basílica de São Pedro" (do Martirológio Romano).

19
SANTOS PUDÊNCIO, MÁRTIR, E PUDENCIANA, VIRGEM

+ Roma, séc. 11. Pudêncio era um senador romano batizado pelos Apóstolos e martirizado por sua fé, sorte que coube também a uma de suas filhas, Santa Praxedes. A outra filha, Pudenciana, após ter reverentemente sepultado muitos mártires e distribuído sua fortuna entre os pobres, faleceu santamente aos 16 anos de idade.

20
SÃO BERNARDINO DE SIENA, CONFESSOR
SANTO AUSTREGÉSILUS, BISPO E CONFESSOR

+ Bourges, 624. Abade em São Nizier, Lyon, depois Bispo de Bourges. Já era honrado como santo em vida, tal o brilho de suas virtudes.

21
SANTO ANDRÉ BOBOLA, MÁRTIR

+ Polônia, 1657. Oriundo de uma das mais antigas famílias da Polônia, entrou para a Companhia de Jesus, dedicando-se à pregação na Lituânia, e depois na Polônia. Foi martirizado por cossacos russos cismáticos, com tantos requintes de maldade, que a Sagrada Congregação dos Ritos afirma ter sido o martírio mais cruel já apresentado àquela Sagrada Congregação.

22
DOMINGO DA SANTÍSSIMA TRINDADE
SANTA HUMILITIAS, VIÚVA

+ Val1umbrosa (Itália), 1310. Casada aos 15 anos, perdendo dois filhos e o marido, resolveu entrar para o convento de Santa Perpétua. Fundou depois o ramo feminino de Vallumbrosa.

23
SÃO DESIDÉRIO, BISPO E MÁRTIR

+ França, 607. Por reforçar a disciplina eclesiástica, combater a simonia e denunciar a conduta imoral da Rainha Brunilda, esta o acusou de paganismo ao Papa. Exonerado e banido, retomou quatro anos de- pois, sendo assassinado por ordem do Rei Teodorico, a quem também tinha publicamente censurado.

24
NOSSA SENHORA AUXILIADORA

Apareceu durante a batalha de Lepanto, espalhando terror entre os muçulmanos e dando a vitória aos católicos.

25
SÃO BEDA, O VENERÁVEL CONFESSOR E DOUTOR DA IGREJA

+ Weannouth-Jauow (Inglaterra), 735. Um dos homens mais sábios de seu tempo, é considerado o Pai da história inglesa. Nele a ciência e a piedade conjugavam-se com a simplicidade e o amor de Deus.

26
SOLENIDADE DO SANTÍSSIMO CORPO E SANGUE DE CRISTO
SANTA MARIANA PAREDES, A "AÇUCENA DE QUITO"
SÃO FILIPE NERI, CONFESSOR

+ Roma, 1595. Fundador da Congregação do Oratório, que tinha como principal finalidade a renovação da vida cristã entre os leigos de Roma.

27
SANTO AGOSTINHO DE CANTUÁRIA, BISPO E CONFESSOR

+ 605. Enviado pelo Papa SãoGregório Magno, evangelizou a Inglaterra, sendo considerado o Apóstolo daquela nação.

28
SÃO BERNARDO DE MONTJOUX, CONFESSOR

+ Aosta, 1081. Vigário Geral da diocese de Aosta, durante mais de 40 anos trabalhou como missionário na região dos Alpes. Fundou duas hospedarias nos passos chamados Pequeno e Grande São Bernardo, onde estabeleceu um mosteiro de monges agostinianos que se dedicaram a socorrer, com seus grandes cães, viajantes extraviados na neve.

29
SÃO CIRILO DE CESARÉIA, MÁRTIR

+ Ásia Menor, 251. Menino ainda, abraçou o Cristianismo sem o conhecimento do pai. Este o expulsou de casa e o denunciou. Como se negou a renunciar à verdadeira fé, foi decapitado. Exemplo para os meninos.

30
SÃO FERNANDO III DE CASTELA, CONFESSOR

Confessor + Sevilha, 1252. Primo-irmão de São Luís de França, expulsou os mouros de Ubeda, Córdoba, Cádiz e Sevilha. Sábio govemante e excelente administrador, fundou a Universidade de Salamanca, reconstruiu a catedral de Burgos e converteu a mesquita de Sevilha em Catedral. Planejava uma incursão na África, para dali desalojar os mouros e expandir o cristianismo, quando veio a falecer.

31
VISITAÇÃO DE NOSSA SENHORA

Julho

1
SANTO OLIVÉRIO PLUNKETT, BISPO E MÁRTIR

+ Londres, 1681. Irlandês, foi ordenado sacerdote em Roma. Depois, eleito Bispo e Primaz da Irlanda. Foi matiriizado em Londres.

2
SÃO BERNARDINO REALINO, CONFESSOR

+ Lecce (Itália), 1619. Formado em Civil e Canônico, advogado fiscal de Alessandria, no Piemonte, tudo abandonou para servir a Deus na Companhia de Jesus.

3
COMEMORAÇÃO DE SÃO PEDRO E SÃO PAULO

(Neste ano)

4
SANTA ISABEL DE PORTUGAL, VIÚVA
SANTO ULRICO, BISPO E CONFESSOR
+ Augsburg (Alemanha), 972. Zelou disciplina do clero em sínodos anuais, reafervorou o povo por meio da pregação e visitas pastorais, protegue os pobres e fundou mosteiros.

5
SANTO ANTÔNIO MARIA ZACCARIA, CONFESSOR

+ Itália, 1539. Foi um dos grandes santos que se empenharam na restauração da Igreja na Itália antes do Concílio de Trento. Fundou a Congregação dos Clérigos Regulares de São Paulo, ou Barnabitas.

6
SANTA MARIA GORETTI, VIRGEM E MÁRTIR
ISAÍAS, PROFETA E MÁRTIR

+ Séc. III a.C. Previu que o Messias nasceria de uma Virgem, e também os sofrimentos de Nosso Senhor na Paixão.

7
BEATOS ROGÉRIO DICKENSON E RAUL MILNER, MÁRTIRES

+ Winchester (Inglaterra), 1591. Raul, agricultoranalfabeto, abjurando o protestantismo, foi preso no dia de sua Primeira Comunhão. Liberado, passou a auxiliar os católicos perseguidos. Para isso, uniu-se ao Pe. Rogério, ajudando-o em seu ministério oculto entre os católicos. Encarcerado com o mencionado sacerdote, recusou-se a abjurar a verdadeira fé, sendo executado com ele.

8
SÃO QUILIANO, BISPO E MÁRTIR

+ Wutzburg (Alemanha), 689. Irlandês de origem, partiu para evangelizar a Baviera. Quando seu apostolado ia ser coroado de sucesso com a conversão do Duque de Wutzburg, a cunhada deste mandou assassiná-lo na ausência do Duque.

9
SANTA PAULINA DO CORAÇÃO DE JESUS AGONIZANTE, VIRGEM

+ São Paulo, 1942. Oriunda da Itália, aos 10 anos emigrou com a família para Santa Catarina. Fundou a primeira congregação religiosa feminina brasileira, das Irmãzinhas da Imaculada Conceição.

10
BEATO PACÍFICO, CONFESSOR

+ Bélgica, 1230. Trovador, converteu-se aos 50 anos ouvindo pregar São Francisco, que o recebeu em sua ordem e enviou-o depois para estabelecê-la em Paris.

11
SÃO BENTO, ABADE
SANTA OLGA, VIÚVA

+ Kiev (Ucrânia), 969. Esposa do Príncipe Igor, Grão-Duque de Kiev. Com a morte do marido, assumiu a Regência, recebendo o batismo em Constantinopla. Teve a alegria de ver o catolicismo estabelecido como Religião do Estado por seu neto São Vladimir.

12
BEATOS JOÃO JONES E JOÃO WALL, MÁRTIRES

+ Inglaterra, 1598 e 1679. De família católica galesa, João Jones entrou na Ordem Franciscana em Roma. Enviado para a missão inglesa, acabou sendo preso, decapitado e esquartejado por ódio à fé. João Wall, também franciscano, trabalhou na clandestinidade durantes 22 anos no Condado de Worcester, onde foi executado.

13
SANTO HENRIQUE II E SANTA CUNEGUNDES

+ Alemanha, 1024 e 1033. Santo Henrique era Duque da Baviera, quando recebeu do Papa a coroa do Sacro Império Romano Alemão por seu zelo pela propagação da fé e sua vida profundamente religiosa. Sua esposa, Santa Cunegundes, após a morte do marido, ingressou num mosteiro por ela fundado.

14
SÃO CAMILO DE LELLIS, CONFESSOR

+ Roma, 1614. De nobre família, ingressando no exército, foi expulso por mau caráter e vício de jogar. Perdeu a fortuna e teve de mendigar. Tocado pela graça, entregou-se ao serviço dos enfermos nos hospitais, especialmente dos pestíferos, fundando para isso a Ordem dos Ministros dos Enfermos. Morreu vítima de sua caridade, com moléstia contagiosa que contraíra. Leão XIII o declarou patrono dos hospitais e dos enfermos.

15
SÃOM DONALD, CONFESSOR

+ Ogilvy (Escócia), Séc. VII. Ao morrer, a esposa recomendou-lhe que encontrasse bons maridos para as noves filhas. Como todas manifestaram vocação religiosa, transformou a cas anum mosteiro, do qual foi o superior.

16
NOSSA SENHORA DO CARMO
SÃO SISENANDO, MÁRTIR

+ Córdoba (Espanha), 851. Português de origem. Pregador audaz e fogozo, foi lançado ao cárcere e depois martirizado.

17
BEATO INÁCIO DE AZEVEDO E COMPANHEIROS, MÁRTIRES
BEATA TERESA DE SANTO AGOSTINHO E COMPANHEIROS, MÁRTIRES

+ 1794. Essas 16 carmelitas de Compiègne foram guilhotinadas por ódio à Fé, em paris, durante a Revolução Francesa, oferecendo suas vidas "pela paz da Igreja e pela França".

18
SÃO FILIASTRO, CONFESSOR

+ Bréscia (Itália), 386. Acérrimo inimigo dos arianos, foi nomeado pároco de Bréscia.

19
SANTO ARSÊNIO, CONFESSOR

+ Mênfis (Egito), 412. Romano, retirou-se para o deserto no Egito, a fim de fugir das ciladas do mundo.

20
SANTO ELIAS, PROFETA
SANTA MARGARIDA, MÁRTIR

+ Constantinopla, Séc. III. Pouco se sabe da vida dessa mártir. Seu culto foi trazido ao Ocidente pelos cruzados.

21
SANTA PRAXEDES, VIRGEM

+ Roma, Séc II. Contemporânea dos Apóstolos e irmã de Santa Prudenciana, foi de suma generosidade para com os cristãos, manifestando intrepidez em auxiliar os mártires.

22
SANTA MARIA MADALENA

+ Veneza, 1493. Dominicano, apresentado como modelo de paciência e humildade em meio às dores e às doenças.

23
SANTO APOLINÁRIO, BISPO E MÁRTIR

+ Dalmácia, séc. I. Discípulo de São Pedro, foi por ele sagrado Bispo de Ravena, de onde foi expulso pelos pagãos, sendo martirizado na Dalmácia.

24
SANTA LUIZA DE SABÓIA, VIÚVA

+ Orbe (Suíça), 1503. Descendente do Beato Amadeu IX de Sabóia, casou-se com Hugo de Châlons. Perdendo o marido 10 anos depois, entrou num convento franciscano.

25
SÃO TIAGO MAIOR, APÓSTOLO E MÁRTIR. SÃO CRISTÓVÃO, MÁRTIR

+ Síria, séc. III. Segundo a tradição, era um gigante de estatura. Atravessou caudaloso rio levando o Menino Jesus em seus ombros, tendo então se convertido. Por esse motivo, tornou-se patrono dos motoristas. De sua vida pouco se conhece, tendo sido martirizado por ser cristão.

26
SÃO JOAQUIM E SANTA ANA, PAIS DE MARIA SANTÍSSIMA
SANTA BARTOLOMEA CAPITANIO, VIRGEM

+ Bréscia, 1833. Sua paixão era servir aos necessitados alma e corpo, fazendo-o no hospital da cidade, nas escolas e em suas casas. Fundou o instituto que leva seu nome.

27
SANTA NATÁLIA E COMPANHEIROS, MÁRTIRES

+ Córdoba, 852. Natália e o marido, de origem muçulmana, converteram-se aos cristianismo, sendo imitados por Félix e Liliosa, também cristão ocultos. Todos foram condenados à morte junto com um monge palestino, Jorge, a que davam abrigo.

28
SANTO INOCÊNCIO I, PAPA

+ Roma, 417. Papa numa das mais turbulentas épocas da história da Igreja, em que a Itália era invadida pelo godos e pela heresia pelagiana. Condenou esta última a pedido de Santo Agostinho.

29
SANTO OLAVO REI, CONFESSOR

+ Noruega, 1030. Estabeleceu gloriosamente o catolicismo como religião oficial do Estado.

30
SÃO JUSTINO DE JACOBIS, CONFESSOR

+ Etiópia, 1853. Lazarista, italiano, foi Vigário Apostólico na Abissínia.

31
SANTO INÁCIO DE LOYOLA, CONFESSOR
SÃO GERMANO DE AUXERRE, BISPO E CONFESSOR

+ Ravena (Itália), 450. Doutor em DireitoCanônico e Civil. Ao morrer Santo Amador, Bispo daquela cidade, Germano foi eleito em seu lugar.

Agosto

1
SANTO AFONSO MARIA DE LIGÓRIO, BISPO, CONFESSOR E DOUTOR DA IREGJA
SANTO ETELVOLDO, BISPO

+ Winchester, 984. Monge beneditino, abade e depois bispo de Winchester, "foi um dos principais reformadores da vida monástica em seu país, depois da grave crise do séc. IX" (do Martirológio Romano - Monástico).

2
SANTO ESTEVÃO I, PAPA E CONFESSOR

+ Roma, 257. "Opôs-se energicamente ao costume africano de rebatizar os hereges, quando estes retornavam à Igreja Católica" (do Martirológio)

3
SÃO PEDRO DE ANAGNI, BISPO E CONFESSOR

+ Anagni, 1105. De família nobre, tendo entrado ainda jovem num mosteiro de Anagni, foi nomeado bispo da cidade pelo Papa lá exilado, e por ele enviado a Constatinopla como embaixador junto ao imperador bizantino.

4
SÃO JOÃO MARIA VIANNEY, O SANTO CURA D´ARS

5
SANTOABEL DE REIMS, BISPO E CONFESSOR

+ Lobbes (Bélgica), séc. VIII. São Bonifácio, chamado pelo Rei Pepino, o Breve para reformar a Igreja na Gália, escolheu Abel para bispo de Reims. Impedindo de tomar posse dessa diocese, refugiou-se na Bélgica, onde morreu entregue à oração e penitêrcia por suas ovelhas.
Primeira Sexta-Feira do mês

6
TRANSFIHURAÇÃO DE NOSO SENHOR JESUS CRISTO

7

SÃO SISTO II, PAPA, E COMPANHEIROS, MÁRTIRES
+ 258. O perverso Imperador Valeriano estabelecera a pena de morte no Império Romano "sem julgamento, só com verificação da identidade", contra bispos, padres e diáconos cristãos. Sisto II foi executado na Via Ápia, no mesmo lugar em que celebrava clandestinadamente os Santos Mistérios. Com a Pontíficie foram martirizados seis diáconos que o assistiam.

8
SÃO DOMINGOS DE GUSMÃO, CONFESSOR

9
SANTOS JULIANO, MARIANO E COMPANHEIROS, MÁRTIRES

+ Constantinopla, séc. VIII. Esses 10 eclesiásticos, por terem defendido o culto das imagens, sofreram "inúmeros tormanetos e foram mortos pela espada" (do Martirológio).

10
SÃO DEODATO, CONFESSOR

+ Roma, séc. VI. Era sapateiro. "Segundo São Gregório, ele distribuía no sábado tudo quanto havia ganho na semana precedente" (do Martirológio).

15
SÃO TARCÍSIO, MÁRTIR DA EUCARISTIA

+ 257. Jovem romano, “levava os miseráveis de Cristo quando mãos criminosas se empenharam em profaná-los. Preferiu deixar-se chacinar a entregar aos cães raivosos o coração do Salvador. (da inscrição de São Damaso, papa, segundo o Martirológio Romano).

16
SÃO ROQUE, CONFESSOR

+ Montpellier, séc. XIV. Perdendo os pais aos 20 anos, partiu em peregrinação para Roma, passando pelos lugares empestados para tratar dos enfermos. Voltando à sua cidade natal, foi tomado como revoltoso e levado à prisão, onde morreu de miséria ao cabo de cinco anos.

17
SÃO JACINTO, CONFESSOR

+ Polônia, 1257. “Depois de ter estudado em Cracóvia, tomou o hábito dos frades pregadores em Roma, das mãos do próprio São Domingos. Fundou a província dominicana e estendeu seu apostolado para a Rússia e a Prússia” (do Martirológio).

18
SANTO AGAPITO, MÁRTIR

+ Palestina, séc. III. Com apenas 15 anos, mas já inflamado pelo amor de Deus, foi duramente flagelado com nervos de boi, depois entregue aos leões, que não o tocaram

19
SÃO JOÃO EUDES, CONFESSOR

+ França, 1680. dele disse São Pio X: “Ardendo com amor extraordinário aos Sagrados Corações de Jesus e Maria, foi o primeiro a pensar, e não sem inspiração divina, em tributar-lhes um culto litúrgico.”Fundou o Instituto de Jesus e Maria (Eudistas) e as Filhas de Nossa Senhora da Caridade.

20
SÃO BERNARDO, ABADE

+ França, 1153. foi o monge de seu século. Fundou a Ordem Cisterciense, tendo sido conselheiro de Papas e príncipes. Pregou a Segunda Cruzada e combateu os hereges. Devotíssimo de Nossa Senhora, recebeu o título de Doutor Melífluo. É considerado o último dos Padres da Igreja latina.

21
ASSUNÇÃO DE NOSSA SENHORA AOS CÉUS
SÃO PIO X, PAPA E CONFESSOR

+ 1914. O lema do seu Pontificado foi Restaurar tudo em cristo. Por sua admirável atuação, é considerado grande Papa da Eucaristia, do Catecismo, do Direito Canônico, do Canto Gregoriano, e sobretudo o ingente batalhador contra os erros da heresia modernista, que hoje renasceu com o nome do progressismo.

22
NOSSA SENHORA RAINHA

(Antigamente esta festa comemorava-se a 31 de maio,e no dia 22 de agosto celebrava-se a festa do Imaculado Coração de Maria).

23
SANTA ROSA DE LIMA, VIRGEM, PADROEIRA DA AMÉRICA LATINA
SÃO FELIPE BENÍCIO, CONFESSOR

+ Florença, 1285. Jovem médico, ingressou na Ordem dos Servos de Maria, recém-fundada, que o governo até a morte. Empenhou-se em resolver o conflito entre os partidos dos Güelfos e dos Gibelinos, que dilacerava a cidade de Florença.

24
SÃO BARTOLOMEU APÓSTOLO
SANTA EMÍLIA DE VIALAR, VIRGEM

+ Marselha, 1856. “Fundadora da Congregação das Irmãs de São José da Aparição, que se dedicam ao serviço dos doentes e dos pobres” (Do Martirológio Romano – Monástico).

25
SÃO LUÍZ IX, REI DA FRANÇA E CRUZADO, CONFESSOR

+ áfrica, 1270. Árbitro entre reis da Europa, e mesmo entre infiéis, quando empreendeu a VI Cruzada. Foi pai de seu povo, juiz para os ímpios e defensor da fé contra os muçulmanos. Morreu vitimado pela peste nas costas da África, durante a VII Cruzada.

26
SANTA TERESA DE JESUS JORNET-E-IBARS, VIRGEM

+ Líria (Espanha), 1897. “Nascida na Catalunha, de uma família de agricultores, consagrou-se inicialmente ao ensino, e depois fundou o Instituto das Irmãzinhas dos Idosos Abandonados” (do Martirológio Romano – Monástico) que logo se espraiou por toda a Espanha e também para o exterior.

27
SOLENIDADE DE NOSSA SENHORA DOS PRAZERES

Um de seus santuários mais famosos, no Brasil, é o dos Montes Guararapes, onde se travou a batalha miraculosa e decisiva dos brasileiros contra os hereges calvinistas, na qual estes foram definitivamente derrotados.

28
SÃO JULIANO, MÁRTIR

+ Séc. III; “Companheiro de São Ferreolo, seguia secretamente Cristo sob o uniforme militar. Durante a perseguição de Diocleciano, foi detido e decapitado”. (do Martirológio).

29
MARTÍRIO DE SÃO JOÃO BATISTA
SÃO SEBA REI, CONFESSOR

+ Essex (Inglaterra), 700. Rei de Essex, dele diz São Beda, o Venerável: “Era homem muito dado a Deus. Preferia uma vida isolada de caráter monástico a todas as riquezas e todas as honras do reino”.

30
SÃO FIACRE, CONFESSOR

+ França, 670. Filho do rei da Escócia instalou-se na França, onde construiu um mosteiro, tendo sido um monge desbravador.

31
SÃO PAULINO DE TRÉVERIS, BISPOE CONFESSOR

+ Téveris, 358. Defensor da fé no Concílio de Nicéia e grande partidário de Santo Atanásio, tendo sido, por isso, exilado pelo Imperador Constâncio, que era ariano, para a Ásia Menor, onde morreu entre não católicos, vítima de sofrimento e fadigas.

Setembro

1
Santa Margarida de Riéti

Virgem + Florença, 1770. De abastada família, grande mística, entrou para o Carmelo aos 19 anos, vindo a falecer aos 23 incompletos. Pelo seu empenho em não aparecer, ficou conhecida como a Santa da Vida Oculta.


2
Santo Antônio

Mártir + Síria, séc. IV. “Jovem cristão de 20 anos, cortador de pedras por profissão, quebrou em pedaços ídolos pagãos. Por esse motivo, foi condenado a morrer na própria construção de uma igreja em que estava trabalhando” (do Martirológio Romano - Monástico).
Primeira Sexta-feira do mês


3
São Gregório Magno

Papa São Remáculo, Bispo e Confessor + Stavelot, 664. Natural da Aquitânia, em sua juventude converteu Bourges num centro de vida cristã e de piedade. Santo Elói, ministro do rei merovíngio Dagoberto, indicou-o para a sé de Maastricht, cujos cristãos estavam ainda tão ligados à sua origem bárbara, que assassinavam seus pastores. Para apaziguá-los, Remáculo convenceu o rei de que a solução seria estabelecer lá vários mosteiros.

4
Patriarca Moisés

Profeta + Palestina, séc. XIII a.C. Profeta e Legislador. “Recebeu de Deus a missão de libertar o povo de Israel oprimido no Egito pelo Faraó. Falava com Deus face-a-face como se fala a um amigo” (do Martirológio Romano - Monástico).


5
São Bertino

Confessor + Luxeuil (França), 700. Este Patriarca fundou com Santo Omer a Abadia de Luxeuil, da qual 22 monges foram elevados às honras dos altares.
6
Seis Bispos Africanos

Mártires + África, séc. VI. Estes prelados, “como verdadeiros pastores, ofereceram suas vidas por seus rebanhos durante a perseguição do Rei Hunerico” (do Martirológio Romano).


7
Santa Regina de Alésia

Virgem e Mártir
+ Borgonha, Séc. II. Seu culto na Borgonha “é documentado desde o século V por uma basílica edificada sobre seu sarcófago. Uma tradição designa assim o lugar do martírio de Alésia: ‘Aqui César venceu a Gália; aqui uma virgem venceu César’” (do Martirológio Romano - Monástico).


8
NATIVIDADE DE NOSSA SENHORA


9
São Pedro Claver, Confessor
+ Cartagena (Colômbia), 1654. Apóstolo dos Negros, nasceu na Espanha e partiu para a então Nova Granada, dizendo: “Quero passar toda minha vida trabalhando pelas almas, salvá-las e morrer por elas”. Foi o que fez por mais de 40 anos entre os negros, morrendo vítima de moléstia contraída ao atender empestados.


10
Santa Pulquéria Imperatriz, Viúva
+ Bizâncio, 453. Batizada por São João Crisóstomo, ainda jovem fez, com suas duas irmãs mais novas, o voto de virgindade. Aos 15 anos sucedeu ao pai, pois seu irmão, Teodósio II, ainda não havia atingido a maioridade. Tendo que se afastar da corte devido aos ciúmes da cunhada, a ela voltou a pedido do Papa São Leão, a fim de combater as heresias de Eutiques. Com a morte do irmão, tornou-se imperatriz. Para estabelecer sua autoridade, casou-se com o general Marciano, com quem viveu em estado de continência.


11
São João-Gabriel Perboyre, Mártir
+ China, 1840. Depois de haver trabalhado na formação da juventude em várias escolas católicas da França, foi enviado para a missão da China. Deus atendeu seu pedido, concedendo-lhe a graça do martírio numa inesperada perseguição.


12
Santíssimo Nome de Maria.


13
Santo Amado

Confessor+ França, 627. Primeiro eremita, entrou depois para o mosteiro de Luxeuil, de onde saiu com São Romárico para fundar o mosteiro dúplice de Remiremont. Estabeleceu entre as monjas o ofício perpétuo, dividindo-as em sete coros que se revezavam dia e noite, cantando o louvor divino. São João Crisóstomo (vide Vidas de Santos)

14
São João Crisóstomo

EXALTAÇÃO DA SANTA EXALTAÇÃO DA SANTA CRUZ


15
NOSSA SENHORA DAS DORES
(vide p. 5)


16
Santa Edite

Virgem + Wilton (Inglaterra), 984. “Filha do Rei Edgar, da Inglaterra. Consagrada a Deus desde a mais tenra infância (no Mosteiro de Santa Maria, em Wilton), morreu aos 23 anos, pranteada unanimemente por suas irmãs” (do Martirológio Romano - Monástico).


17
São Roberto Belarmino

Bispo, Confessor e Doutor da Igreja. Santa Hildegarda, Virgem + Alemanha, 1179. Grande mística, ficou célebre devido às suas visões, palavras e escritos, sendo a glória da Ordem beneditina na Alemanha.
18
Beato João Macias

Confessor + Lima, 1645. Contemporâneo de São Martinho de Porres, e dominicano como ele, embora em outro convento de Lima. Foi exímio em todas as virtudes, principalmente na obediência e pureza.
19
Aparição de Nossa Senhora em La Salette (França)
Em 1846, a dois pastorinhos, Maximino e Melânia, recomendando a oração quotidiana e a santificação dos domingos.


20
Santos Eustáquio e Companheiros

Mártires + Roma, 120. Eustáquio foi um dos maiores generais do exército romano imperial e notável por sua caridade, apesar de pagão. Numa caçada, o cervo que perseguia voltou-se para ele com uma cruz entre os chifres. Eustáquio converteu-se e sofreu o martírio com a esposa e dois filhos, assados dentro de enorme estátua de metal aquecida.


21
São Mateus, Apóstolo.
São Castor, Bispo e Confessor Apt (França), séc. V. Bispo de Apt, localidade próxima de Avinhão, incentivou a vida monástica. Pediu ao famoso anacoreta Cassiano que lhe escrevesse a respeito dos exercícios e usos monásticos da Tebaida, no Egito, a fim de aplicá-los no Convento de São Faustino, que fundara.
Santo Emerano


22
Santo Emerano

Bispo e Mártir + Alemanha, séc. VII. Apóstolo da Baviera, foi martirizado pelos pagãos. Sobre o seu túmulo foi erguida a Abadia beneditina de Kleinchelfendorf, que se tornou lugar de peregrinação.


23
Santa Tecla

Virgem e Mártir Santa Tecla + Selêucia (Turquia), séc. I. Convertida por São Paulo, sofreu inúmeras perseguições para conservar seu voto de virgindade, saindo incólume do tormento da fogueira, dos leões e das serpentes. Embora depois disso a tenham deixado livre, ela é considerada pelos Padres da Igreja como a “primeira das mulheres mártires”, e “semelhante aos Apóstolos” (do Martirológio Romano).


24
Nossa Senhora das Mercês


25
Beato Hermano Contractus

Confessor + Baden, 1054. Filho de condes, foi vítima de um traumatismo obstétrico ao nascer, e teve que ser carregado no colo durante toda sua vida. Daí o cognome de Contractus ou Entrevado. Mas a Providência compensou essa lacuna corporal com dons de inteligência, que lhe mereceram outro cognome, o de Maravilha do século, por sua ciência e virtude.
Santa Teresa Courdec


26
Santa Teresa Courdec

Virgem + Lião, 1885. Fundadora da Congregação de Nossa Senhora do Cenáculo, dedicada à obra dos retiros espirituais para senhoras, sofreu toda sorte de humilhações, ingratidões e rivalidades, sendo destituída do cargo de Superiora da obra que fundara, e foi-lhe negado mesmo o título de Fundadora.


27
São Vicente de Paulo, Confessor.


28
Santa Eustóquia

Virgem + Palestina, 418. Virgem romana que, com sua mãe Paula, mudou-se para a Palestina a fim de se tornarem religiosas sob a direção de São Jerônimo.


29
Arcanjos São Miguel, São Gabriel e São Rafael


30
São Jerônimo

Confessor e Doutor da Igreja. Santo Honório, Bispo e Confessor + Cantuária, 653. Discípulo e sucessor de Santo Agostinho na sé de Cantuária, seguiu-lhe os passos na evangelização dos anglo-saxões.

Outubro

1
Santa Teresinha do Menino Jesus, Virgem, Doutora da Igreja
(Vide Catolicismo, setembro/1997)

2
SANTOS ANJOS DA GUARDA

3
São Francisco de Borja

Confessor + Roma, 1572. Vice-Rei da Catalunha e Duque de Gandia, renunciou às atrações do mundo ao ver o cadáver da outrora belíssima Rainha Isabel. Enviuvando aos 40 anos, ingressou na Companhia de Jesus, da qual foi depois Superior Geral.

4
São Francisco de Assis

Confessor São Francisco de Assis
+ Assis (Itália), 1226. O Poverello de Assis amou tão apaixonadamente o Salvador, que adquiriu Seus estigmas e até uma semelhança física com Ele. Com São Domingos, foi uma das colunas da Igreja em seu tempo, renovando os costumes, bem decaídos já naquela época, com seus heróicos exemplos. É uma das maiores glórias da Santa Madre Igreja em todos os tempos.


5
Santa Flor ou Flora

Virgem + Beaulieu (França), 1347. Filha de pais nobres, ingressou muito cedo como religiosa na hospedaria dos Cavaleiros de São João de Jerusalém para cuidar dos doentes e peregrinos.

6
Santa Maria Francisca das Cinco Chagas

Virgem + Nápoles, 1791. Aos 16 anos, entrou para a Ordem Terceira de São Francisco, entregando-se à oração, jejum e penitência, sendo visitada por seu anjo da guarda, que a animava. Foi retirada do convento pelo pai, que a encarregou dos cuidados da família.

7
NOSSA SENHORA DO ROSÁRIO
(Vide Catolicismo, maio/2001)

8
Santa Taís

Penitente + Egito, séc. IV. Inspirado por Deus, São Pafúncio deixou seu retiro no deserto para conduzi-la ao bom caminho. Ela queimou seus vestidos e jóias e foi para um mosteiro no deserto.

9
São Luís Beltrão

Confessor + Valência, 1581. Sacerdote dominicano, aos 23 anos era mestre de noviços. Seu extraordinário zelo levou-o a desejar combater os protestantes. Mas a Providência encaminhou-o para a Colômbia, onde durante sete anos evangelizou os índios.

10
São Paulino de York

Confessor + Inglaterra, 644. Enviado por São Gregório Magno para evangelizar a Inglaterra, realizou frutuoso apostolado nas regiões de Kent e da Nortúmbria, converteu o Rei Edwin e fundou o Bispado de York.

11
São Sármatas

Mártir + Tebaida (Egito), 357. Discípulo de Santo Antão, foi morto pelos sarracenos por ódio à fé. Dizia: “Prefiro um homem que tenha pecado, reconhece esse pecado e faz penitência, a um que não tenha pecado e se considere justo”.

12
NOSSA SENHORA APARECIDA

RAINHA E PADROEIRA DO BRASIL
(Vide Catolicismo, setembro/2004)

13
Santos Fausto

Januário e Marcial, Mártires + Córdoba, 307. Esses três irmãos increparam o novo governador romano da Espanha, Eugênio, por sua crueldade para com os cristãos. Em resposta, sofreram o suplício do cavalete e depois o da fogueira.

14
São João Ogilvie

Mártir + Glasglow, 1615. Calvinista inglês convertido pelo célebre exegeta, o jesuíta Cornélio a Lápide. Entrou para a Companhia de Jesus, voltando a seu país para socorrer os católicos perseguidos. Depois de converter muitos hereges, foi traído e entregue ao arcebispo protestante. Na prisão, durante três dias teve o corpo constantemente perfurado por agulhas e estiletes, sendo depois executado em ódio à fé.

15
Santa Teresa de Ávila

Virgem, Doutora da Igreja Santa Teresa de Ávila + Alba (Espanha), 1582. Alma ardente e enérgica, com São João da Cruz empreendeu a reforma do Carmelo. “Sofrer ou morrer”, foi o desejo que viu plenamente satisfeito nos muitos trabalhos e doenças que suportou. Unia a mais sublime contemplação a uma extraordinária capacidade de ação. Por seus admiráveis escritos, foi declarada Doutora da Igreja.

16
Santa Margarida Maria Alacocque

Virgem Sta. Margarida M. Alacocque + Paray-le-Monial (França), 1690. Religiosa visitandina, entregou-se desde cedo à contemplação da Paixão do Redentor, recebendo de Nosso Senhor Jesus Cristo a mensagem sobre a devoção ao Seu Sagrado Coração e a incumbência de difundi-la pelo mundo inteiro.

17
Santa Mamelcta

Virgem, Mártir + Pérsia, 340. “Sacerdotisa do templo pagão de Artemis, foi convertida à fé por uma de suas irmãs, que era cristã” (do Martirológio).

18
São Lucas Evangelista

Mártir + Séc. I. Médico de Antioquia convertido por São Paulo, acompanhou-o em várias viagens. Autor do III Evangelho e dos Atos dos Apóstolos. Embora não se tenham dados concretos a respeito de sua morte, tradição autorizada afirma que sofreu o martírio.

19
Santos João de Brébeuf

Isaac Jogues e Companheiros, Mártires + América do Norte, séc. XVII. Jesuítas franceses que evangelizavam o então Canadá (atual norte dos Estados Unidos). Regaram essas terras com seu sangue ao serem martirizados pelos índios iroqueses.

20
São Pedro de Alcântara

Confessor + Arenas (Espanha), 1562. Padroeiro principal do Brasil, foi admirável por suas mortificações e penitências. Reformador dos franciscanos da Espanha, auxiliou e com seus conselhos incentivou Santa Teresa na reforma do Carmelo.

21
Santo Hilarião

Abade + Palestina, séc. IV. Filho de pagãos, que o enviaram a estudar em Alexandria, converteu-se e partiu para o deserto, onde foi dirigido por Santo Antão.

22
Santa Maria Salomé

Viúva + Palestina, séc. I. Segundo a tradição, prima da Santíssima Virgem e mãe de São Tiago e São João Evangelista, era uma das Santas Mulheres que estavam ao pé da Cruz.

23
Santo Inácio

Bispo, Confessor.
+ Síria, 877. Filho do Imperador Miguel, tornou-se monge aos 14 anos, e depois abade, fundando três mosteiros. Patriarca de Antioquia.

24
Santo Antonio Maria Claret

Bispo e Confessor

25
Beato Antônio Sant’Ana Galvão

Confessor (Vide Catolicismo, setembro/1998)

26
Santos Luciano e Marciano

Mártires + Nicomédia, séc. III. Condenados a serem queimados vivos, por se terem convertido ao Cristianismo, disseram ao juiz: “É a glória dos cristãos ganhar a verdadeira vida eterna ao perder aquilo que tu crês ser vida”.

27
Santos Vicente

Sabina e Criseta, Mártires + Ávila, séc. IV. Vicente, depois de defender corajosamente a Fé diante de Daciano, governador romano, em Talavera, fugiu com as duas irmãs para Ávila. Sendo aí aprisionados, louvaram o Senhor até terem suas cabeças esmagadas a pedradas.

28
Santos Simão e Judas Tadeu

Apóstolos São Judas Tadeu + Séc. I. São Judas Tadeu era irmão de São Tiago Menor, filhos de Cleófas e Maria, primos de Nosso Senhor. Pregou o Evangelho na Judéia, Samaria, Síria e Mesopotâmia. Escreveu uma epístola exortando os fiéis a perseverarem na fé, atacando vigorosamente os soberbos, os luxuriosos e os falsos doutores. São Simão, cognominado Cananeu, ou Zelador, era originário da Galiléia. Supõe-se que tenha pregado na Mauritânia e em outras regiões da África, dirigindo-se depois ao Oriente. Na Pérsia encontrou-se com São Judas Tadeu, sendo ambos martirizados naquele país.

29
Santa Ermelinda

Virgem + Meldert (Bélgica), séc. VI. Adolescente, filha de pais nobres e ricos que a desejavam casar, cortou os cabelos para dedicar-se inteiramente a Deus, retirando-se para a solidão.

30
São Marcelo Centurião

Mártir + Tanger, 298. Pai dos santos mártires Cláudio, Luperco e Vitório, esse centurião espanhol foi decapitado por haver declarado que era cristão e servia a Jesus Cristo.

31
Santa Joana Delanoue

Virgem + França, 1736. Herdou do pai um modesto bazar, que com habilidade fez prosperar. Começou a dedicar-se também a obras de caridade, a ponto de ser chamada mãe dos pobres. Fundou um asilo ao qual denominou A Providência.

Novembro

1

Todos os Santos

celebrada já no século V como festa de Todos os Mártires. Posteriormente deu-se a tal festa um caráter mais universal, sendo fixada neste dia. É a comemoração da Igreja Triunfante, formada por todos os bem-aventurados que já gozam da glória eterna.

2

Comemoração dos Fiéis Defuntos

Aos que visitarem o cemitério e rezarem pelos defuntos, concede-se Indulgência Plenária aplicável só às almas do Purgatório, diariamente, do dia 1º ao dia 8. Para ganhar a indulgência é necessário preencher as condições costumeiras, isto é, ter-se confessado e comungado, e rezar nas intenções do Papa. Com essas mesmas condições pode-se ganhar uma indulgência plenária só aplicável às almas do Purgatório, visitando-se no dia 1º qualquer igreja ou oratório público ou semipúblico e rezando-se o Credo e o Pai Nosso

3

Santos Valentim e Hilário, Mártires

+ Itália, séc. III. Sacerdote o primeiro, e diácono o segundo, “por causa de sua fé em Cristo foram atirados ao Tibre com uma pedra ao pescoço. Salvos milagrosamente por um Anjo, foram então degolados. Assim alcançaram a coroa do martírio” (do Martirológio Romano).

4

São Carlos Borromeu

Bispo e ConfessorSão João Zedazneli e Companheiros, Confessores+ Geórgia, 580. Grupo de 13 monges sírios enviados para evangelizar a região do Cáucaso. Lá introduziram a vida monástica, fundando vários mosteiros muito florescentes.

5

Santa Sílvia, Viúva

+ Roma, 594. Da mais alta aristocracia romana, mãe do grande Papa São Gregório Magno, a ele secundava em suas boas obras e necessidades domésticas.

6

São Barlaam de Khutynanta

Confessor+ Rússia, 1193. Da nobre família Novgorod, Alexis, após a morte de seus pais, deu sua herança aos pobres, tornando-se eremita em Khutyn, às margens do Rio Volga. Sua santidade atraiu-lhe muitos discípulos. Organizou a vida monástica, tomando o nome de Barlaam. Seu túmulo tornou-se lugar de peregrinação.

7

São Vilealdo

Bispo e Confessor+ Alemanha, 789. Inglês de origem, “desenvolveu grande atividade missionária em meio aos frisões e saxões, sobretudo na região entre os rios Wesser e Elba, onde fora enviado por São Bonifácio” (do Martirológio Romano – Monástico).

8

Dedicação da Basílica de São João de Latrão

9

São Lepoldo Magno

Papa, Confessor e Doutor da IgrejaSão Justo de Cantuária, Bispo e Confessor+ Inglaterra, 627. Um dos monges beneditinos enviados por São Gregório Magno para evangelizar a Inglaterra, foi o primeiro bispo de Rochester e depois sucedeu a São Lourenço como quarto bispo de Cantuária.

10

São Nicolau I

Papa e Confessor+ Roma, 867. “Dotado de uma personalidade brilhante, garantiu a liberdade da Igreja em face aos dois imperadores então no poder: Miguel, no Oriente; e Lotário, no Ocidente” (do Martirológio Romano–Monástico).

11

São Serapião

Mártir+ África, 1240. O primeiro religioso da Ordem da Bem-Aventurada Virgem Maria das Mercês a derramar o sangue em terras do Islã, pregado numa cruz, visando o resgate dos cativos.

12

São Rafael Kalinowski de São José

Confessor+ Polônia, 1907. Natural da Lituânia, cursou a Academia de Arquitetura Militar onde obteve o grau summa cum laude (máximo com louvor), sendo convidado para nela lecionar. Capitaneou um movimento de liberdade de seu país contra a opressão russa. Aprisionado e condenado à morte, teve a pena comutada por trabalhos forçados durante 10 anos. Findo esse período, foi preceptor do Venerável Augusto Czartoryski, em Paris, e finalmente entrou para os carmelitas descalços.

13

Santo Euquério

Bispo e Confessor+ França, 449. Casado, pai de dois filhos (que posteriormente foram bispos), de comum acordo com a esposa ambos ingressaram na vida monástica, ele no convento de Lérins. “Eleito Bispo de Lião, serviu à Igreja pela profundidade de sua fé e pela extensão de seus conhecimentos teológicos” (do Martirológio Romano – Monástico).

14

Santo Aniano

Bispo e Confessor+ França, 453. Bispo de Orleans, ajudou a defender a cidade contra a invasão de Átila, obtendo para isso o auxílio do general romano Aecius, que repeliu o inimigo. Famoso por seus milagres.

15

Dedicação das Basílicas de São Pedro e São Paulo, Apóstolos

16

Santos Roque Gonzalez

Companheiros, MártiresSanta Ermemburga, Viúva+ Inglaterra, 700. “Princesa de Kent, casou-se com o filho do rei da Mércia com quem teve três filhas, todas veneradas como santas. Ao ficar viúva, fundou o Mosteiro de Minster-in-Thanet, do qual foi abadessa” (do Martirológio Romano-Monástico).

17

Santo Edmundo

Mártir+ Inglaterra, 870. Subindo ao trono inglês aos 15 anos, governou com sabedoria e prudência de ancião. Protegeu pobres, órfãos e viúvas, sendo um pai para seus súditos. Tendo pagãos dinamarqueses invadido o país, decapitaram-no por não querer apostatar.

18

Festa de Nosso Senhor Jesus Cristo Rei do Universo

 

Santo Alberto de Louvain, Bispo e Mártir+ Bélgica, 1192. Martirizado por defender os direitos da Igreja contra a prepotência do Imperador Henrique IV, da Alemanha.

19

Santos Filemon e Ápia

Mártires+ Ásia Menor, séc. I. Discípulos de São Paulo, que dirigiu ao primeiro uma carta na qual louva “sua caridade e sua fé em relação ao Senhor Jesus e a todos seus fiéis”, foram ambos aprisionados, açoitados, enterrados numa cova até a cintura e mortos a pedradas por sua fidelidade a Cristo.

20

São Clemente I

Papa e Mártir+ Roma, 97. Terceiro sucessor de São Pedro, escreveu uma carta aos Coríntios, considerada documento fundamental na defesa do primado universal do Bispo de Roma.

21

Santas Flora e Maria

Virgens e Mártires+ Espanha, 851. Flora, nascida de pai maometano e mãe cristã, foi denunciada pelo próprio irmão aos mouros que dominavam a cidade. Fugindo, encontrou-se com Maria, outra jovem cristã perseguida. Resolveram então ir diretamente ao governador muçulmano confessar sua fé. Confortadas por Santo Eulógio, também prisioneiro, receberam o martírio.

22

São Mercúrio

Mártir+ Ásia Menor, 250. Soldado, diz-se que um anjo emprestou-lhe uma espada para levar seu exército à vitória. Denunciado como cristão, foi decapitado.

23

São Silvestre Abade

Confessor+ Itália, 1267. Eremita, fundou 12 mosteiros nos quais instituiu a regra beneditina em sua pureza, dando assim origem à Ordem de São Silvestre.

24

Santa Catarina Labouré Nossa Senhora da Medalha Milagrosa

25

São Sóstenes, Mártir+ Ásia Menor, séc. I. Discípulo de São Paulo, que o menciona em uma de suas epístolas.

26

São Saturnino
São Saturnino, Bispo e Mártir+ França, séc. III. Um dos sete missionários enviados para evangelizar as Gálias, foi bispo de Toulouse, onde exerceu grande apostolado até ser preso pelos pagãos no Capitólio local, do alto do qual o precipitaram ao solo.

27

Santo André
Santo André, Apóstolo e Mártir

Dezembro

1

Santos Edmundo Campion

Roberto Southwell e Companheiros, Mártires Santo Edmundo Campion
+ Inglaterra, entre 1581 e 1679. Desses 10 jesuítas, oito eram ingleses e dois do País de Gales. Foram todos martirizados por ódio à Fé.


2

São Cromácio

Bispo e Confessor+ Itália, 407. Bispo de Aquiléia, no Vêneto, desenvolveu em sua Sé uma vida clerical em comunidade. São Jerônimo denominou-o “o mais santo e o mais douto dos Bispos”.

3

São Francisco Xavier

Confessor(Vide p. 36).

4

Santa Bárbaro, Virgem e Mártir
+ Séc. III ou IV. Desta Santa não foi possível precisar o lugar do nascimento e martírio. Padroeira da Artilharia, é invocada contra rai

5

São Sabas

Confessor+ Palestina, 532. Cognominado a "Pérola do Oriente". Após vida eremítica nos desfiladeiros do Cedron, reuniu e dirigiu numerosos eremitas, fundando o mosteiro que levou depois seu nome

6

São Nicolau

Bispo e Confessor+ Mira, 324. Bispo de Mira, na Ásia Menor. De eminente caridade, foi desterrado pelo Imperador Licínio. Derrotado este por Constantino, voltou à sua diocese, onde operou estupendos milagres. No Concílio de Nicéia, foi dos mais ardorosos adversários do arianismo.

7

Santo Ambrósio

Bispo, Confessor e Doutor da Igreja.Santa Maria Josefa Roselho, Virgem+ Savona, 1880. Fundou a Congregação das Filhas de Nossa Senhora da Misericórdia, destinada ao amparo de moças abandonadas, que logo se difundiu na Itália e América Latina.

8

FESTA DA IMACULADA CONCEIÇÃO DA SANTÍSSIMA VIRGEM

9

São Pedro Fourrier

Confessor+ França, 1640. Entrou para a Congregação dos Cônegos Regulares, à qual deu novo vigor por sua virtude e talento.

10

Trasladação da Santa Casa de Loreto


11

São Daniel Estilita

Confessor+ Constantinopla, 493. Depois de visitar os Lugares Santos, fixou-se numa coluna às margens do Bósforo, aí vivendo como estilita por 33 anos.

12

Nossa Senhora de Guadalupe

Padroeira Principal da América Latina

13

Santa Luzia

Virgem e Mártir.Santa Otília (ou Odília)+ França, Séc. VII. Esta santa, cega de nascença, quando completou 15 anos foi levada a um mosteiro, onde foi batizada, recebendo nessa ocasião a visão.

14

São João da Cruz

Confessor e Doutor da Igreja.São Venâncio Fortunato, Bispo e Confessor+ França, 600. Trovador veneziano, tendo ido visitar o túmulo de Santo Hilário, em Poitiers, a rainha Santa Radegunda e a abadessa Santa Inês convenceram-no a deixar a vida nômade, ordenar-se e compor hinos religiosos.

15

São Folcuíno

Bispo e Confessor+ França, Séc. IX. Primo-irmão do glorioso Imperador Carlos Magno, por sua autoridade e energia foi designado bispo para governar a região ainda bárbara de Thérouanne (norte da França).

16

Beata Maria dos Anjos

Virgem+ Turim, 1717. Uma dos 11 filhos do Conde de Santena e Baldissero, que descendia da família de São Luís Gonzaga. Entrou aos 16 anos para o Carmelo de Turim.


17

Cinqüenta Soldados de Gaza

Mártires+ Egito, 630. Ao general árabe que os intimava a apostatar sob pena de morte, responderam: “Ninguém poderá nos separar do amor de Cristo; nem nossas mulheres, nem nossos filhos, nem as riquezas do mundo, pois somos servidores de Cristo, Filho do Deus Vivo, e estamos prontos a morrer por Aquele que morreu e ressuscitou por nós” (do Martirológio).

18

São Gatiano

Bispo e Confessor+ Tours (França), Séc. IV. Primeiro a ir pregar o Evangelho na região de Tours, da qual foi bispo.


19

São Nemésio

Mártir+ Alexandria, Séc. III. Absolvido de uma falsa acusação de roubo durante a perseguição de Décio, quando saía foi denunciado como cristão e condenado pelo juiz a ser queimado vivo, recebendo assim a coroa do martírio.

20

São Teófilo de Alexandria

Companheiros, Mártires+ Séc. III. “Estes soldados cristãos do tribunal imperial, vendo um de seus irmãos na fé vacilar diante do juiz, fizeram-lhe sinais para encorajá-lo. Ao perceber os seus gestos, o juiz os intimou e eles não hesitaram em confessar sua fé, sendo imediatamente condenados à morte” (do Martirológio).


21

São Pedro Canísio

Confessor e Doutor da Igreja+ Friburgo, 1597. Discípulo de Santo Inácio, notabilizou-se pela eficácia com que combateu, pela palavra e escritos, a heresia protestante, especialmente entre os povos de língua alemã. Graças a ele a Renânia e a Áustria permaneceram católicas.

22

Santa Juta

Virgem+ Alemanha, Séc. XI. Foi ter com ela, aos oito anos de idade, a futura profetiza do Reno, Santa Hildegarda. Juta instruiu-a, dando-lhe noções de latim, medicina e História Natural, familiarizando-a tão bem com os textos litúrgicos e a Sagrada Escritura que, ao falecer, Hildegarda a substituiu como abadessa.

23

São Sérvulo

Confessor+ Roma, 590. São Gregório Magno relata sua vida nos Diálogos: paralítico, vivia de esmolas sob o pórtico da igreja de São Clemente em Roma.

24

São Charbel Makhlouf

ConfessorSão Delfim, Bispo e Confessor+ França, Séc. IV. Paladino e intrépido defensor da Igreja, foi bispo de Bordeaux e participou do Concílio de Saragoça, onde muito contribuiu para a condenação dos hereges priscilianistas.


25

NATAL DE NOSSO SENHOR JESUS CRISTO

26

Santo Estêvão

Protomártir.São Dionísio, Papa+ Roma, 268. “Eleito após as perseguições de Valeriano, que haviam feito numerosas vítimas entre o clero romano, teve que reorganizar sua Igreja. Manteve relações epistolares com as igrejas do Oriente, sobretudo a de Alexandria” (do Martirológio).

27

São João

Apóstolo e Evangelista São João Evangelista
+ Éfeso, Séc. I. O Discípulo Amado por sua virgindade representou a humanidade ao receber, junto à Cruz, Nossa Senhora como Mãe. Foi o Evangelista por excelência da divindade de Cristo. Perseguido pelo Imperador Domiciano, foi levado a Roma e mergulhado num tacho de azeite fervente, de onde saiu rejuvenescido. Foi então deportado para a ilha de Patmos, onde escreveu o Apocalipse. Tendo morrido seu perseguidor, voltou a Éfeso, tendo escrito então, a pedido dos fíéis, seu Evangelho e três epístolas, para refutar as heresias que negavam a divindade de Nosso Senhor e pregar o amor entre os cristãos.

28

FESTA DOS SANTOS INOCENTES, MÁRTIRES


29

Santo Davi

Profeta São Davi
+ Judéia, séc. X a.C. Escolhido pelo próprio Deus para suceder Saul, primeiro Rei de Israel, entrou a serviço deste como tocador de cítara e derrotou o gigante Golias. Subindo ao trono, instalou a Arca da Aliança na cidade de Sion, que transformou na capital de Israel.

30

FESTA DA SAGRADA FAMÍLIA Santo Anísio

Bispo e Confessor+ Macedônia, 407. Discípulo de Santo Ascólio e seu sucessor na Sé de Tessalônica, foi nomeado Vigário Pontifical na Ilíria, por São Dâmaso e seus sucessores.

31

São Silvestre I

Papa e ConfessorSanta Melânia a Jovem, Viúva, e São Piniano, Confessor+ Palestina, Séc. V. Melânia casou-se muito jovem com Piniano. Tendo-lhes morrido os filhos, fizeram voto de continência, libertaram os escravos e distribuíram parte de seus bens aos pobres.

 

 

 

 

 


 

 

 

Fonte: Revista Catolicismo N° 649/655 - 2005

 

 

 
 

 

By DTi